Blog

Parceiros Específicos

Parceiros Específicos

O Lugar Específico é feito de várias mãos e corações. Para chegarmos mais longe, caminhamos juntos e, por isso, criámos uma rede de parceiros que caminham connosco. PARCEIROS INSTITUCIONAIS Gerador: O Gerador se apresenta como uma plataforma de reflexão, ação e comunicação sobre a cultura 

AGENDA ESPECÍFICA – Programação Outubro 2020

AGENDA ESPECÍFICA – Programação Outubro 2020

Estamos, aos poucos, a retomar as atividades frequentes no nosso espaço da Alameda – com toda a segurança! Temos limitação de participantes, higienização das salas, álcool em gel disponível para todos e muita vontade de estar juntos. Com isto em mente, apresentamos a agenda do 

A LOJA DO LUGAR

A LOJA DO LUGAR

Estes são os produtos que podem adquirir na nossa lojinha física. Venham visitar-nos na Rua Actor Vale 16B Lisboa (junto à Alameda).

LIVROS ORFEU NEGRO

Nesta parceria, temos expostos alguns exemplares de livros infantis e de arte editados pela Orfeu Negro à venda no Lugar Específico.

Lançada em 2007, a Orfeu Negro Editores dedica-se à publicação de ensaios e outros trabalhos documentais no âmbito das artes contemporâneas. Ainda é responsável por publicar livros infantis, trazendo temas que contribuem para a formação de pensamento crítico e senso estético nos pequenos leitores. As ilustrações são sempre incríveis e o cuidado com as publicações é de se admirar. 

REVISTA INFANTIL DOIS PONTOS

Nesta parceria, o Lugar Específico tem todos os números da Dois Pontos à venda na sua loja, mas também participa na Revista com a elaboração de uma atividade a cada edição, na rubrica Desafio Criativo.

A Revista Dois Pontos é uma revista trimestral ilustrada, pensada para crianças curiosas e criativas. A sua missão é estimular a imaginação nos seus pequenos leitores, através de artigos que explicam de maneira lúdica como funciona o mundo real e também pelas propostas de atividades a serem feitas em casa ou na rua.

REVISTA GERADOR

Nesta parceria, o Lugar Específico é ponto de distribuição e venda da Revista Gerador.

O Gerador é uma plataforma de informação e reflexão sobre a cultura portuguesa. A Revista Gerador é uma publicação bimestral que pretende dar visibilidade à investigação jornalística da cultura portuguesa. A cada número artistas, autores, decisores e entidades culturais são convidados a partilhar obras, textos, ideias e provocações de maneira aberta e livre.

BAILEIA ATELIER

Nesta parceria, temos à venda na lojinha do Lugar Específico os lápis de cera de abelha e também os instrumentos musicais de madeira.

A Baileia nasce do encontro de dois artistas educadores que levam a sério as brincadeiras. A partir disso, criaram também produtos que são brinquedos. Os lápis de cera de abelha e os instrumentos musicais ecológicos de madeira são todos feito 100% de maneira artesanal. 

Mover-pensar

Mover-pensar

Um convite em movimento. Mover-pensar é um encontro marcado pelas surpresas que o próprio corpo nos pode dar. Um corpo que escorrega, desenha, rasteja, corre, rebola, descansa, move o ar, o espaço e os pensamentos. Um corpo que descobre, no caminho da dança, a criar 

F.A.Q DEPOIS DA ESCOLA

F.A.Q DEPOIS DA ESCOLA

EM QUE CONSISTE O DEPOIS DA ESCOLA? O Depois da Escola é isso mesmo: uma proposta que vem complementar a escola. Um espaço diário de partilha, aprendizagem, brincadeira e criação. Uma forma de ocupar o tempo livre preenchendo-o de criatividade, arte, descobertas, aprendizagens e diversão. 

Festival PARApeito – um festival para o peito

Festival PARApeito – um festival para o peito

PARApeito: parte superior de uma trincheira que protege os seus defensores mas que não os impede de atirar sobre ela; parede que se ergue na altura do peito. 

Este projecto é para o peito, que está apertado e apartado dos outros. Como uma forma de aproximar corações e sentimentos, trazer para perto o calor humano que muitos, ainda, necessitam e romper, com Arte, as barreiras do isolamento.

O Festival PARApeito acontece com apoio da Câmara Municipal de Lisboa através do seu Fundo de Emergência Social para a Cultura.

Arte na rua, vista da janela

No formato de um festival, pretendemos levar Cultura, Arte e Entretenimento até às pessoas através de pequenas peças que possam ser vistas do alto de qualquer parapeito. Essas peças são concebidas para o espaço exterior e para serem vistas da janela: um solo, uma declamação, um malabarismo, uma história, um concerto ou o que a imaginação permitir.

Entre os principais objetivos do Festival PARApeito podemos encontrar uma lista de boas razões para vê-lo, literalmente, na rua:

  • Combater o isolamento e permitir às pessoas a possibilidade de receber / fruir da arte estando em contexto fragilizado: hospitais, escolas, lares de idosos e ainda entreter uma rua inteira;
  • Apoiar o trabalho de artistas em situação de fragilidade financeira;
  • Incentivar a continuidade da criação artística, devidamente remunerada, através da encomenda de novas criações;
  • Incentivar a fruição de espetáculos ao vivo, em proximidade, embora cumprindo as condições de distanciamento social em vigor.

Para dar vida a esta ideia, convidámos uma equipa artística composta por artistas de diversas áreas de atuação e pedimos que desenvolvessem novas criações ou adaptassem alguma de suas melhores peças para este formato de rua com uma “plateia vertical”, numa configuração inovadora e inusitada.

Foto: Red Werneck

Porquê Festival PARApeito?

Abaixo, uma carta-apresentação que traz as palavras de Susana Alves, fundadora do Lugar Específico e idealizadora deste projeto:

A ideia do PARApeito surgiu-me em Abril de 2020, em pleno confinamento, quando, fechados em casa, nos sentíamos de peito apertado pela distância, pela ausência, pela incerteza, pelo receio. Como vai ser agora? Até quando ficaremos assim? 

Todos, a nosso jeito, sentimos que a arte e a cultura são vitais ao nosso bem-estar e todos vimos esse sentimento reforçado pela falta que ela nos faz. Temos saudades de um bom concerto, de um bom espectáculo que nos encha a alma.

Mas este receio não nos deve paralisar, antes pelo contrário, toda esta dificuldade deve ser um incentivo a pensar de outra forma.

E, assim, a vontade de levar arte e cultura aos mais afetados tornou-se impositiva! 

A vontade de proporcionar trabalho para os artistas em dificuldade tornou-se urgente! Tenho de fazer alguma coisa! 

Inspirada por variadas iniciativas solidárias que vi nascer: onde cada um dava o que sabia, o que tinha, o que podia. Assim surgiu este formato de levar arte e cultura até aos contextos e pessoas mais afetadas, mantendo-os em segurança. Eles no seu parapeito, e nós a entregar alimento para o seu peito. 

Brevemente

O Festival PARApeito vai acontecer em duas edições (outono e primavera) e não será aberto ao público em geral, mas sim apresentado em lares, hospitais e em outros contextos de fragilidade e isolamento.

Queremos levar Arte para o peito daqueles que não podem ir ao encontro dela e oferecer espaço aos artistas que se encontram em situação de fragilidade financeira devido à pandemia.

Conheces algum lugar em Lisboa que acolheria esta iniciativa? Deixa um comentário ou fala connosco no info@lugarespecifico.pt

Férias de Verão 2020 – Programação Agosto| Lugar Específico

Férias de Verão 2020 – Programação Agosto| Lugar Específico

O que são as oficinas de Férias de Verão do Lugar Específico? As Oficinas de Férias Verão são um conjunto de actividades dirigidas a crianças durante as férias de verão, com um cronograma pedagógico que procura desenvolver as habilidades, a criatividade e a liberdade de 

OFICINA DO BRINQUEDO – ATELIER PARA FAMÍLIAS | VERÃO 2020

OFICINA DO BRINQUEDO – ATELIER PARA FAMÍLIAS | VERÃO 2020

Para além das Oficinas de Verão dedicadas aos mais pequenos, o Lugar Específico criou a Oficina do Brinquedo, destinada a famílias. O brincar é essencial ao bem-estar das crianças e nós, adultos, podíamos perceber que se brincássemos mais também seríamos mais felizes. Nestes encontros vamos 

Cenas da vida lá fora | Sessão especial In The Dark Lisboa

Cenas da vida lá fora | Sessão especial In The Dark Lisboa

O In The Dark Lisboa e o Lugar Específico apresentam:

Cenas da vida lá fora

Nesta sessão, que não é no escuro, nem à porta fechada, vamos reimaginar o espaço físico onde estamos, e enchê-lo de histórias de outros lugares.

O In The Dark Lisboa escolheu um conjunto de peças radiofónicas e paisagens sonoras que nos ajudam a refletir sobre uma questão que esteve sempre presente durante o recente confinamento: O que é que os sons que ouvimos, e muitas vezes nem reparamos, nos dizem sobre o mundo?

A escuta desta sessão é individual e com headphones. Os participantes são convidados a descarregar um ficheiro de som para o telemóvel [ou outro leitor de áudio] e seguir instruções.

A sessão estará disponível para download às 19.30 horas no Lugar Específico, na Rua Actor Vale 16 B, em Lisboa.

A entrada é de contribuição livre. Inscrições através do email: info@lugarespecifico.pt

A sessão é em inglês e português.

Cenas da vida lá fora
Sexta-feira, dia 10 de Julho, às 19h30
Lugar Específico
Rua Actor Vale 16 B, 1900-025 Lisboa

O In The Dark é uma associação que desde 2010 se dedica a divulgar documentários áudios e arte sonora.

Acede ao Facebook e confirma tua presença.

In The Dark Lisboa é um dos parceiros do Lugar Específico e esta sessão faz parte do nosso projecto de acolhimento.

Abrimos as portas do Lugar Específico para acolher iniciativas culturais sob a forma de diversas linguagens artísticas. 

Disponibilizamos o espaço deste Lugar e os nossos meios de comunicação para receber e apoiar projectos que tenham afinidades com o foco central da nossa acção, sejam eles: exposições, apresentações, lançamentos de livros, workshops, actividades para miúdos e adultos. 

Sabe mais deste e de outros projectos aqui.

Especificalistas – Junho 2020 | LUGAR ESPECÍFICO

Especificalistas – Junho 2020 | LUGAR ESPECÍFICO

Os Especificalistas são um grupo de ação crítica, um projecto que pretende ser um mediador para crianças dos 7 aos 12 anos descobrirem o que é isto de fazer crítica de arte. A cada sessão, os Especificalistas experimentam a fruição artística nas suas mais variadas