Etiqueta: Lugar Específico

Parceiros Específicos

Parceiros Específicos

O Lugar Específico é feito de várias mãos e corações. Para chegarmos mais longe, caminhamos juntos e, por isso, criámos uma rede de parceiros que caminham connosco. PARCEIROS INSTITUCIONAIS Gerador: O Gerador se apresenta como uma plataforma de reflexão, ação e comunicação sobre a cultura 

AGENDA ESPECÍFICA – Programação Outubro 2020

AGENDA ESPECÍFICA – Programação Outubro 2020

Estamos, aos poucos, a retomar as atividades frequentes no nosso espaço da Alameda – com toda a segurança! Temos limitação de participantes, higienização das salas, álcool em gel disponível para todos e muita vontade de estar juntos. Com isto em mente, apresentamos a agenda do 

Festival PARApeito – um festival para o peito

Festival PARApeito – um festival para o peito

PARApeito: parte superior de uma trincheira que protege os seus defensores mas que não os impede de atirar sobre ela; parede que se ergue na altura do peito. 

Este projecto é para o peito, que está apertado e apartado dos outros. Como uma forma de aproximar corações e sentimentos, trazer para perto o calor humano que muitos, ainda, necessitam e romper, com Arte, as barreiras do isolamento.

O Festival PARApeito acontece com apoio da Câmara Municipal de Lisboa através do seu Fundo de Emergência Social para a Cultura.

Arte na rua, vista da janela

No formato de um festival, pretendemos levar Cultura, Arte e Entretenimento até às pessoas através de pequenas peças que possam ser vistas do alto de qualquer parapeito. Essas peças são concebidas para o espaço exterior e para serem vistas da janela: um solo, uma declamação, um malabarismo, uma história, um concerto ou o que a imaginação permitir.

Entre os principais objetivos do Festival PARApeito podemos encontrar uma lista de boas razões para vê-lo, literalmente, na rua:

  • Combater o isolamento e permitir às pessoas a possibilidade de receber / fruir da arte estando em contexto fragilizado: hospitais, escolas, lares de idosos e ainda entreter uma rua inteira;
  • Apoiar o trabalho de artistas em situação de fragilidade financeira;
  • Incentivar a continuidade da criação artística, devidamente remunerada, através da encomenda de novas criações;
  • Incentivar a fruição de espetáculos ao vivo, em proximidade, embora cumprindo as condições de distanciamento social em vigor.

Para dar vida a esta ideia, convidámos uma equipa artística composta por artistas de diversas áreas de atuação e pedimos que desenvolvessem novas criações ou adaptassem alguma de suas melhores peças para este formato de rua com uma “plateia vertical”, numa configuração inovadora e inusitada.

Foto: Red Werneck

Porquê Festival PARApeito?

Abaixo, uma carta-apresentação que traz as palavras de Susana Alves, fundadora do Lugar Específico e idealizadora deste projeto:

A ideia do PARApeito surgiu-me em Abril de 2020, em pleno confinamento, quando, fechados em casa, nos sentíamos de peito apertado pela distância, pela ausência, pela incerteza, pelo receio. Como vai ser agora? Até quando ficaremos assim? 

Todos, a nosso jeito, sentimos que a arte e a cultura são vitais ao nosso bem-estar e todos vimos esse sentimento reforçado pela falta que ela nos faz. Temos saudades de um bom concerto, de um bom espectáculo que nos encha a alma.

Mas este receio não nos deve paralisar, antes pelo contrário, toda esta dificuldade deve ser um incentivo a pensar de outra forma.

E, assim, a vontade de levar arte e cultura aos mais afetados tornou-se impositiva! 

A vontade de proporcionar trabalho para os artistas em dificuldade tornou-se urgente! Tenho de fazer alguma coisa! 

Inspirada por variadas iniciativas solidárias que vi nascer: onde cada um dava o que sabia, o que tinha, o que podia. Assim surgiu este formato de levar arte e cultura até aos contextos e pessoas mais afetadas, mantendo-os em segurança. Eles no seu parapeito, e nós a entregar alimento para o seu peito. 

Brevemente

O Festival PARApeito vai acontecer em duas edições (outono e primavera) e não será aberto ao público em geral, mas sim apresentado em lares, hospitais e em outros contextos de fragilidade e isolamento.

Queremos levar Arte para o peito daqueles que não podem ir ao encontro dela e oferecer espaço aos artistas que se encontram em situação de fragilidade financeira devido à pandemia.

Conheces algum lugar em Lisboa que acolheria esta iniciativa? Deixa um comentário ou fala connosco no info@lugarespecifico.pt

Férias de Verão 2020 – Programação Agosto| Lugar Específico

Férias de Verão 2020 – Programação Agosto| Lugar Específico

O que são as oficinas de Férias de Verão do Lugar Específico? As Oficinas de Férias Verão são um conjunto de actividades dirigidas a crianças durante as férias de verão, com um cronograma pedagógico que procura desenvolver as habilidades, a criatividade e a liberdade de 

Cenas da vida lá fora | Sessão especial In The Dark Lisboa

Cenas da vida lá fora | Sessão especial In The Dark Lisboa

O In The Dark Lisboa e o Lugar Específico apresentam: Cenas da vida lá fora Nesta sessão, que não é no escuro, nem à porta fechada, vamos reimaginar o espaço físico onde estamos, e enchê-lo de histórias de outros lugares. O In The Dark Lisboa 

Especificalistas – Junho 2020 | LUGAR ESPECÍFICO

Especificalistas – Junho 2020 | LUGAR ESPECÍFICO

Os Especificalistas são um grupo de ação crítica, um projecto que pretende ser um mediador para crianças dos 7 aos 12 anos descobrirem o que é isto de fazer crítica de arte.

A cada sessão, os Especificalistas experimentam a fruição artística nas suas mais variadas formas, debatem o que viram e depois partilham as suas experiências, visões e interpretações numa conversa gravada em áudio, depois editada e disponibilizada num podcast.

Criado e guiado por Susana Alves e Sandy Gageiro, o podcast dos Especificalistas já vai para a sua quinta edição e desta vez conta com uma parceria entre o Lugar Específico, as Edições Orfeu Negro e a Baobá Livraria.

As Mulheres e Os Homens, de Equipo Plantel com ilustrações de Luci Gutiérrez (Orfeu Mini)

Especificalistas – 5ª Edição : As Mulheres e Os Homens

Nos dias 20 e 23 de Julho, reuniremos o grupo para ler, conhecer e conversar sobre o livro As Mulheres e Os Homens, de Equipo Plantel, com ilustrações de Luci Gutiérrez (Orfeu Mini). 

O livro, premiado no Bologna Ragazzi Award de 2016, mostra que as mulheres e os homens têm os mesmos direitos entretanto há uma certa disparidade no que tange aos privilégios. A ideia principal do livro é levantar um debate sobre como podemos combater os abusos e conquistar um mundo igualitário.

Baobá Livraria

A primeira parte desta sessão dupla acontecerá no terraço da Baobá Livraria, à Rua Tomás da Anunciação, 26 em Lisboa, das 16h às 17h30. Conheceremos o espaço da Livraria e falaremos sobre a história do livro e o processo de editar e publicar livros.

Já no dia 23 de Julho, nos reuniremos outra vez no nosso querido Lugar Específico para matarmos as saudades de lá estar e continuar o trabalho iniciado no primeiro encontro. O horário será a combinar com os participantes da primeira parte da sessão, em princípio manteremos o mesmo a não ser que o grupo prefira outro.

Informações importantes:

Na fase actual que estamos a passar, teremos em consideração e iremos proceder em conformidade com o cumprimento das normas veiculadas pela DGS. Para que possamos realizar esta edição dos Especificalistas com toda a segurança possível, o número máximo de participantes será de 5 crianças.

Ambas as sessões serão realizadas em espaços amplos e exteriores, para garantir o distanciamento necessário entre os participantes. Cada criança a partir dos 10 anos deverá trazer a sua própria máscara e equipamento de proteção que esteja habituada a utilizar (sejam viseiras e/ou desinfetantes de bolso).

Baobá Livraria – Terraço

As inscrições custam 25 € e incluem a oferta de um exemplar do livro As Mulheres e Os Homens. É necessária a participação em ambas as sessões para que a atividade seja concluída corretamente. A taxa de inscrição é única e contempla os dois encontros.

Confirma presença no Facebook.

Queres ouvir os podcasts?

Temos uma grande parceria com a Rádio Miúdos, que transmite todos os Sábados às 11h da manhã episódios do podcast dos Especificalistas. Podes ouvir ao vivo ou na página da Rádio Miúdos.

Se queres ouvir todos os episódios do podcast dos Especificalistas na íntegra, acede ao nosso SoundCloud.

COLABORADORES: Ricardo Guerreiro Campos

COLABORADORES: Ricardo Guerreiro Campos

Ricardo Guerreiro Campos estudou Pintura na Faculdade de Belas-Artes da Universidade Lisboa e expõe regularmente em exposições individuais e coletivas e colabora com estruturas de criação artística nas áreas das artes visuais, dos novos media, da performance e o teatro. Nos últimos anos, no âmbito 

Férias de Verão 2020 – Programação Julho | Lugar Específico

Férias de Verão 2020 – Programação Julho | Lugar Específico

O que são as oficinas de Férias de Verão do Lugar Específico? As Oficinas de Férias Verão são um conjunto de actividades dirigidas a crianças durante as férias de verão, com um cronograma pedagógico que procura desenvolver as habilidades, a criatividade e a liberdade de 

COLABORADORES: PATRICIA FREIRE

COLABORADORES: PATRICIA FREIRE

PATRICIA FREIRE

Artista Visual e Arte Educadora, com  uma  experiência consistente e diversificada em Educação Pela Arte quer em actividade pedagógica escolar, quer em serviço educativo desempenhado em relevantes instituições nacionais do sector da arte, quer ainda pelo trabalho com alunos com necessidades educativas  especiais em diferentes áreas artísticas e com diferentes médiuns, programas e objectivos.

Licenciada em Escultura, com a variante Ensino, em 2009, Patrícia Freire é uma Artista Visual e uma Arte-Educadora que privilegia o processo, invocando a exploração das relações entre corpo e matéria e entre suporte e médium, utilizando materiais diversificados e reinventando a obra no espaço que permanece entre os materiais e o autor.

Tendo explorado tecnicamente materiais como a madeira, o metal e a pedra, e tendo aprofundado técnicas de impressão como a gravura, no seu trabalho recorre a diversas técnicas e áreas das Artes Visuais, tais como fotografia, serigrafia, edição de imagem, escultura, ilustração, cenografia ou pintura. O seu percurso académico de especialização complementar em Educação foi direcionado para o estudo do desenvolvimento da criatividade artística em contexto de sala de aula, e da importância da compreensão de médium e suporte para o alcance de uma boa prática artística, potencializando a compreensão da obra de arte.

COLABORADORES: Eduarda Estrella

COLABORADORES: Eduarda Estrella

EDUARDA ESTRELLA (1986) Eduarda é portuguesa, nascida no Rio de Janeiro. Vive e trabalha em Lisboa, Portugal. É artista visual e trabalha com áreas da criatividade desde 2006, passando pela moda, design gráfico, produção cultural e comunicação. Esteve envolvida em projetos e exposições coletivas em