Etiqueta: Comunicação

Pelos Meus Olhos

Pelos Meus Olhos

A premissa de PELOS MEUS OLHOS é muito simples: vamos desenhar uma imagem apenas a partir da descrição que ouvimos dela. Junta-te a nós dia 24 de abril às 17h30, na plataforma online Jitsi.   Em Pelos Meus Olhos, o desenho é uma ferramenta que 

Quando o Corpo Grita

Quando o Corpo Grita

Tudo o que sentimos reflete-se no nosso corpo: o movimento ajuda a libertar essas sensações, mas, neste momento, eles estão limitados e, por isso, o nosso corpo vai acumulando pesos, tensões e afins… e grita por ajuda. Qual é a parte do teu corpo que 

Pelos Meus Olhos

Pelos Meus Olhos

Pelos Meus Olhos

O que é?

A premissa de Pelos Meus Olhos é muito simples: vamos desenhar uma imagem apenas a partir da descrição que ouvimos dela.
Combinando a comunicação com o desenho, esta atividade é como um jogo entre quem narra e quem ouve, onde não há certo ou errado.


Quais são os objetivos?


Nesta atividade para todas as idades, vais:

  • conhecer o trabalho de um artista;
  • desafiar e explorar os limites da perceção e comunicação;
  • desenhar livremente, sem a necessidade de seres um pro. Aqui não importa nada a “qualidade” técnica deste desenho, o importante é o exercício de o fazer;
  • divertir-te (seja sozinh@ ou com toda a família).


Acreditamos também que até pode ser um exercício de inclusão, porque podemos ficar um pouco mais sensíveis perante aqueles que não conseguem ver.

O que fazemos?

Em Pelos Meus Olhos, o desenho é uma ferramenta que nos permite pensar na maneira como comunicamos e como transmitimos mensagens – e como estas nos podem pregar rasteiras. Numa época em que a comunicação visual impera, é cada vez mais importante cultivar a capacidade descritiva.

Em cada sessão, há uma pessoa que narra uma imagem que só ela vê, enquanto que o resto do grupo desenha às cegas. Depois deste exercício, seguem-se alguns minutos de partilha e reflexão conjunta:
O que acharam desta experiência?
A que elementos demos mais importância no nosso desenho? À cor, à forma, à escala?
O que ficou perdido (e o que ganhámos) com a descrição?

Neste espaço, temos a oportunidade de refletir sobre as nossas intuições, os focos de atenção que cada um cria, as estratégias que seguimos (por vezes inconscientemente) quando desenhamos, a nossa forma de ouvir e assimilar informação, …

Com quem?

Cada sessão conta com um narrador diferente. Até agora, têm sido membros da nossa equipa, mas qualquer um pode participar!
Queres experimentar estar no lugar de quem narra? Envia-nos um email, temos todo o gosto em acolher-te nesta atividade.



Qual é o valor?


As sessões de Pelos Meus Olhos são gratuitas, contudo aceitamos contribuições voluntárias via MBWay.
Ao apoiar-nos, estás a apoiar os projetos de ArtEducação que desenvolvemos para todas as idades.
Os tempos estão difíceis para todos, ainda que por razões diferentes: assim, resolvemos que és tu quem atribui o valor a estas atividades, de acordo com o “valor” que lhes reconheceres e o “valor” que possas pagar.
Não precisas de indicar o teu nome, basta o nome e data da atividade.


Próximas sessões:

Envia um email para info@lugarespecifico.pt para te inscreveres.

Mafalda Maia

Mafalda Maia

Mafalda Maia Encontro-me no último ano da licenciatura em Cultura e Comunicação na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e sou estagiária de comunicação no Lugar Específico. Em 2020, fui estagiária no MAAT (Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia), onde tive um grande contacto 

Mariana Mateus

Mariana Mateus

Mariana Mateus Licenciei-me em Estudos Gerais (Universidade de Lisboa), com major em Comunicação e Cultura (FLUL) e major em Economia e Gestão (ISEG). Vivi um semestre em Amsterdão, onde completei o minor em Economics, na Vrije Universiteit Amsterdam (programa Erasmus+). Tenho também um certificado da 

Clipping: 1ª edição PARApeito nos meios de comunicação

Clipping: 1ª edição PARApeito nos meios de comunicação

Clipping: 1ª edição PARApeito nos meios de comunicação

No passado dia 3 de dezembro de 2020 encerrámos a primeira edição do festival PARApeito com o peito cheio de alegria!

Os artistas Maria Antunes e Sango em apresentação ao ar livre em Lisboa. Três mulheres repetem a coreografia que os bailarinos propõem e um homem faz a filmagem.
Maria Antunes & Sango apresentam SIMBIO

Entre o fim de novembro e o início de dezembro, levámos arte em forma de música, dança e histórias a miúdos e graúdos, com apresentações no Hospital Pulido Valente, Casa Acreditar, IPO Lisboa e Hospital de Santa Maria.

Como recompensa pelo incansável trabalho recebemos muitos sorrisos sinceros e transformados!

Elsa Serra – Contadora de Histórias

Podem aqui encontrar um apanhado das notícias e publicações que nos acompanharam neste processo tão especial:

Entrevista para Sandy Gageiro, no Espaço Informativo da Tarde – Antena 1

Entrevista para Sandy Gageiro, Espaço Informativo da Tarde – Antena 1

‘Parapeito – um festival para o peito’ anima utentes do CHULN – Notícias ao Minuto

‘Parapeito – um festival para o peito’ anima utentes do CHULN – replicado em msn.com

Festival PARApeito celebra a cultura e a arte em Lisboa – Pporto dos Museus

Reportagem no programa Portugal em Direto, RTP 1

Reportagem no programa Portugal em Direto, RTP 1
A cantora Telma Pereira apresenta o projeto TRAMA no Hospital Pulido Valente, em Lisboa. Telma veste roupa vermelha, com mangas pretas e uma touca preta. A cantora segura uma caixinha de música e canta ao microfone. Ao fundo, vê-se o banner do Lugar Específico.
Telma Pereira apresenta TRAMA

Agradecemos aos nossos parceiros e apoiantes que tornaram este sonho possível: a Câmara Municipal de Lisboa, com o seu Fundo de Emergência Social para a Cultura; o Gerador, com seu apoio institucional e media; o Fair Saturday, com seu apoio institucional e espaço aberto; e à administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (Hospital Pulido Valente e Hospital de Santa Maria), à administração do IPO Lisboa e à administração da Associação Acreditar, que nos acolheram e possibilitaram espaços para os nossos artistas se apresentarem, além de todo o apoio que nos deram nestes dias.